segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

O FUTURO DA TERRA SERÁ UMA QUESTÃO DE VIBRAÇÃO CÓSMICA



Por: Claudia Souza 14/12/19.


As energias estão divididas porque o momento da libertação das mentes se aproxima. A luta pelo domínio energético interplanetário discorre não só no planeta Terra, mas em toda a galáxia.

Nesse planeta porém, com a existência de uma forma de vida em propulsão, definindo o grau de emanação energética em vários níveis, o momento da decisão para o caminho que deverá ser tomado pela humanidade terrestre ainda não está definido.

Não obstante a luta durante gerações para se definir uma opinião crítica à respeito das religiões parecer muito instável, se aproxima uma época em que apenas alguns seres estarão preparados para entender as mensagens que se avizinham em suas mentes.

As matizes entre crenças e raciocínio lógico, confundirão à todos nesse momento e as pessoas deverão pensar como raça humana e não como seres religiosos, seguindo apenas a crença de seus corações.

As raças capazes de pensar e agir com os graus energéticos de iluminação radiante e inteligente, devem conscientizarem-se de que todas as manifestações energéticas são válidas para movimentar o planeta em ação, especialmente aquelas de bom teor vibratório com as quais exercem o amor, perdão, fraternidade e amorosidade.

Ficarão claras à partir de agora, as energias manipuladoras advindas do medo e dos sentimentos de fraqueza, pois todos enxergarão com mais nitidez as nuances e a verdadeira cor contida no matiz das mensagens emanadas por religiões e seus líderes.

Os que conseguirem se libertar do sentimento de medo ou insegurança, enxergarão com clareza aonde está a divisão exata da luz. Embora ainda ocorram momentos de confusão, não tardará a hora em que serão capazes de escolherem o caminho certo para suas vibrações.

Não tenham medo de se afastarem do que soar pesado ou negativo, mas o façam sem julgamento, pois tudo é necessário, do negativo ao positivo. As energias recém emanadas pelas mentes se entrelaçam até que consigam se condensar através do magnetismo, definindo assim a sua força (negativa ou positiva). O resultado das energias que você cria e condensa é que definirá o seu "peso energético" e é desse modo que o maior criador de todas as coisas identifica a centelha individual de cada um.

Todos terão as mesmas oportunidades de se desenvolverem rumo à trajetória da construção universal. Alguns poderão escolher modificar certos formatos, criando novas nuances e outros prosseguirão repetindo o mesmo trabalho, até que percebam que possuem autonomia suficiente para variarem o modelo, mas todos farão o que tiver que ser feito para atingirem a perfeição do criador.

O futuro do planeta Terra dependerá da soma, ou seja, do peso energético em determinado grau, elevado ou não. Quanto maior for a carga positiva, mais rápida será a evolução de todos os seres e do planeta.

O mal necessário é aquele que nos leva à reação, nos obriga a interagir até os limites da superação, pois sem a escuridão não há luz e vice-versa. O equilíbrio de todas as coisas depende da importância que damos à elas. Não importe-se tanto com o que é mal na sua concepção e ele deixará de existir.

Se deixar de apoiar as iniciativas negativas e investir em tudo o que for positivo ao seu redor,  conseguirá mudar o seu caminho para melhor. Os seres humanos como co-criadores, possuem o poder de moldar a forma da massa que envolve os seus universos particulares, que somado com os demais irmãos, criam o "bolo" planetário que influencia na expansão do universo.

 A felicidade ou a falta dela pode ser uma questão de escolha. Cada um decide se o seu "copo está meio cheio ou meio vazio".

Nenhum comentário:

Postar um comentário