domingo, 16 de dezembro de 2018

O SISTEMA HOLÍSTICO DE DEUS

Por: Claudia Souza


O fundamento holístico tem como concepção a ideia de pesquisa, estudo e interpretação de doutrinas filosóficas e espirituais, com o objetivo de ajudar o ser humano encarnado ou desencarnado, na compreensão dos aspectos da vida terrena e espiritual.

Acreditar em algo superior, as vezes torna-se difícil, devido ao grande acúmulo de informações e o alto grau de complexidade, muitas vezes expressado por aqueles que dizem-se inspirados por entidades superiores, colocando em prova a veracidade de textos e principalmente suas interpretações.

As pessoas ligadas fortemente a dogmas religiosos e seitas, tendem a seguir cegamente aquilo em que acreditam, seja por formação tradicional de família ou por definição própria. Muitas vezes, não temos escolhas para aferir as nossas crenças. Nascemos numa família que já tem alguma religião pré determinada e nos colocam como uma célula dentro desse núcleo de entendimento, com as informações interpretadas pelos nossos responsáveis, as quais, muitas vezes, nos inspiram pelo resto de nossas vidas.

Crescemos expostos a todo tipo de conceitos, dogmas e instruções, que podem ou não serem equivocadas, porém o consumo e a utilização dessas instruções é que vão definir os padrões energéticos que desenvolveremos ao longo de nossas vidas.

Os guias do plano espiritual, canalizados através de diversos médiuns, em grande parte, não subjugam ou inferiorizam esta ou aquela religião. Grande parte das explanações mediúnicas a que temos acesso hoje em dia, através das ferramentas da internet, possibilitam cada vez mais esse contato entre encarnados e desencarnados, explicando que para cada pessoa existe um despertar em várias etapas da sua vida.

É importante que além das religiões das quais fazemos parte, tenhamos a humildade e a sabedoria de aceitar, aprender e observar com as nossas convicções e o nosso centro de análise, abertos para captarmos o que cada mensagem tem de melhor.

A religião muitas vezes impostas pelos nossos pais, tem caráter doutrinador e manipulador, de acordo com cada seguimento, e isso não é um ponto negativo, pelo contrário, faz com que enquanto ainda não tenhamos a convicção de como usarmos o nosso livre arbítrio para tomarmos as melhores decisões, podemos nos focar nos conceitos religiosos para nos apoiarmos em nosso entendimento com as menores chances de errar. Todavia, a partir de certo ponto de desenvolvimento, podemos descobrir que existe algo mais que não nos foi revelado e quando partimos em busca do reconhecimento da verdade, descobrimos outras diversidades de informações advindas de culturas milenares, costumes de épocas e avanços filosóficos antigos, que parecem que foram feitos para os dias atuais, os quais,  colocam as nossas crenças em prova.

O que dificilmente compreendemos é que a inteligencia criadora do universo, em sua sabedoria, permite que exista essa grande diversidade de religiões, porque sabe que as criaturas da Terra, precisam de orientações para que possam chegar ao ciclo máximo de evolução, e o criador também sabe que todas as suas criaturas possuem potencialidades diversificadas e as desenvolvem durante o seu ciclo reencarnatório, que estabelece um número ilimitado de experiências, que exigem alto poder de resignação, concentração e desenvolvimento para que se cumpram.

O sistema holístico de expansão implantado na Terra pelo planos superiores, vem de encontro aos interesses de  espíritos desencarnados que habitam esferas energéticas de alto grau de elevação moral e que tiveram abertos os seus campos de conhecimento extrafísico para o avanço nos estudos teológicos e filosóficos. Eles se esforçam tentando passar as mensagens com o maior primor possível, para que os humanos interessados em seus próprios desenvolvimentos, possam se capacitar para também ajudarem os seus irmãos terrestres, ainda desorientados na crosta e que por não terem força suficiente para se libertarem das amarras do peso material, tem os seus espíritos presos nas baixas esferas e por isso, não conseguem absorver intuitivamente as informações para a sua própria elevação, a fim de alcançarem uma evolução mais rápida.

Há de se sair de dentro da caixa em que estamos, com suas paredes limitadoras que condensam o nosso entendimento e desabilitam a nossa capacidade de raciocinar em esferas energéticas mais abertas, leves e evoluídas.

Os holísticos estão na frente em seus caminhos de descoberta, pois mantêm a mente mais aberta e aceitam com humildade, reconhecerem quando uma doutrina ou ensinamento já cumpriu o seu papel evolutivo em sua vida, passando para a etapa seguinte. Por isso, desfrutam com muito mais liberdade, do bálsamo do conhecimento que lhes é trazido pelos participantes dos projetos de evolução, que trabalham diretamente com Deus na evolução do planeta Terra.

Esse trabalho é importante porque precisamos perpetuar a espécie criativa humana, com todas as suas potencialidades, muito embora, os humanos ainda desconheçam do que são capazes, mas também, porque há muito ainda a ser revelado no que diz respeito à sua participação dentro do projeto universal de Deus.

Todos os avatares que pisaram no planeta Terra, fizeram um esforço tremendo para orientar a civilização da qual faziam parte em cada época, mesmo com as limitações políticas, tecnológicas e evolutivas de cada tempo. Muitos são incompreendidos até hoje e vários outros trouxeram informações que ainda não temos a capacidade de entender, tamanha é a sua importância e o alto grau de nossas limitações interpretativas.

O grau de desenvolvimento da geração do século XXI está ainda muito limitado, mesmo com todo o avanço que pensam que é extraordinário. Os homens da Terra estão deslumbrados com os primeiros avanços tecnológicos. Vaidosos que são, mal sabem que ainda estão descobrindo a roda perto de outras civilizações mais avançadas e distribuídas pelos planetas em várias constelações.

O peso da materialidade impede os terráqueos de enxergarem o quanto são pequenas pérolas boiando num mar de lodo.  Se faz necessário uma abertura mental, através de meditações que possam levar cada criatura a encontrar o seu eixo energético, a sua essência interior, livre de preconceitos, dogmas, culpas ou outro sentimento qualquer de ordem inferior.

Para que o avanço individual a caminho da construção da verdade evolutiva ocorra, é necessário que  os humanos se preocupem menos em TER e procurem aprender como SER.

A vida terrena é uma boa oportunidade para o exercício do aprendizado. Precisamos aprender a aprender. Devemos aproveitar o tempo encarnados na Terra, convivendo com as diferenças e as adversidades para evoluirmos com todas as lições e com todas as coisas. Até um pequeno passarinho pode nos ensinar valiosas lições.

A fraternidade, os bons pensamentos, a confiança de que tudo pode dar certo, nos tira das vibrações energéticas toxicas e alimentam o nosso espírito de luz. Essa luz energética, nos serve de escada para que possamos subir cada degrau com conhecimento e despreocupação de que estamos cumprindo o nosso verdadeiro papel nos planos de Deus.

A Filosofia Cristiciísta, em um dos seus textos psicografados pelo médium Adilson Teixeira de Godoy, relata através dos estudos do Colégio Sacerdotal da Ordem de Melquisedec, um dos colégios localizados no plano espiritual em outra dimensão, que "Deus não pune ninguém, apenas corrige as frequências vibratórias".

Quando algo aparentemente ruim nos acontece, precisamos meditar e tentar encontrar a explicação do porque aquilo ocorreu. Qual teria sido a lição? Por qual motivo aquilo aconteceu conosco?

As teorias holísticas nos auxiliam a encontrar as respostas dentro de nós mesmos. As vezes somos submetidos a provas terríveis, não porque merecemos, mas porque nos colocamos na onda vibratória de energias inferiores.

Mas porque então, pessoas que estavam orando em igrejas foram acometidas por atos insanos provocados por outros que surtaram e os mataram da maneira mais hostil possível ceifando suas vidas?

Não nos cabe julgar essa ou aquela ação, pois desconhecemos o padrão vibratório de cada personagem envolvido nessas barbáries, tanto os provocadores como suas vítimas. Não sabemos o que os levou a estarem naquele dado momento e lugar para o desenlace de suas vidas. Caberá somente a eles avaliarem os aspectos energéticos vibratórios em que estavam, quando estiverem frente a frente com seus orientadores nos planos extrafísicos.

As respostas viriam de várias formas e interpretações que não nos cabe argumentar. Qualquer comentário a esse respeito seria uma afirmação volúvel e inconsequente, mas, analisando a questão com racionalidade, cada individuo vai encontrar uma resposta intuitiva e por conseguinte um ensinamento do qual poderá tirar algum proveito próprio para a sua própria evolução.

Havemos de nos acalmar diante das catástrofes acometidas pelos nossos irmãos da Terra e trabalhar muito para amenizar os seus efeitos e prevenir para que as mesmas não ocorram no meio onde as suas existências estão situadas. Precisamos abrir nossas mentes e encontrarmos os melhores caminhos para a paz, a fraternidade e a minimização dos sofrimentos alheios.  Só assim, estaremos tomando as rédeas da nossa responsabilidade e a participação dentro do nosso processo evolutivo pessoal e dimensional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário