sábado, 23 de março de 2019

FRED MERCURY E A VIBRAÇÃO DO SOM - Por: Claudia Souza



Com o evento do Oscar sendo transmitido em cadeia mundial, tivemos acesso à vários temas divulgados pela imprensa sobre a vida e a morte de Fred Mercury.

Como criaturas divinas que somos, indiferente do nosso nível social, religioso e potencial, todos nós, sem exceção, viemos ao mundo com algum tipo de trabalho ou missão a serem desenvolvidos e cumpridos.

Quando nascemos, temos o benefício de desconhecermos as reais causas da nossa existência. Isso ocorre, porque conforme afirmam os especialistas e estudiosos metafísicos, não podemos ser influenciados pelas nossas ações anteriores.

O plano espiritual testa nossos conhecimentos através do esquecimento, ou seja, se tomarmos espontaneamente as decisões corretas nessa última encarnação, é sinal que aprendemos a lição e que o conhecimento e a sabedoria, estão definitivamente enraizados no nosso íntimo, manifestado pelo nosso caráter.

O caráter dos seres se aprimora, conforme eles passam pelos seus estágios evolutivos.

Por esta razão, nunca involuímos; sempre evoluímos e até a lição que se parece com o mais severo dos castigos é sempre reapresentada através de novas experiências, até que consigamos aprendê-las e absorvê-las em essência.

Seres dotados de uma energia esplêndida, como mitos artísticos e notáveis de diversas áreas, vêm ao mundo com missões que comportam o tamanho de sua egrégora.

Assim aconteceu com Jesus Cristo, por exemplo, que foi posto à prova em diferentes fases da sua vida. Outros exemplos são trazidos à tona na atualidade.

O grande cantor Fred Mercury por exemplo, trouxe em sua bagagem terrena uma força descomunal, potencializada gradativamente pelo tempo em suas encarnações anteriores.

A sua presença física quebrou todos os paradigmas, fazendo com que nascesse num país com problemas e fosse transportado à outro com melhores condições sem maiores dificuldades.

Sem saber o que ocorreria, o rapaz cresceu e desenvolveu as suas potencialidades para ser o que sua essência manifestava naquela existência. Seu organismo físico foi desenvolvido com a anatomia apropriada para proporcionar a qualidade de voz que necessitaria para desenvolver suas potencialidades nessa encarnação. Seus caminhos foram trilhados para que fosse encaminhado à receber os ensinamentos básicos para o seu desenvolvimento, até chegar no momento exato em que iniciaria a sua trajetória missionária nesta vida. Sua estatura e desenvoltura foram aprimoradas para que pudesse ocupar o seu espaço, já definido antes de nascer e apoiado pelos seres superiores, munidos de energia quântica, capaz de realizar e estimular os fenômenos energéticos que as criaturas do seu tempo precisariam acessar.

Como todo ser munido de grande capacidade de manipulação energética, sem saber o que deveria ser feito, ele foi até onde deveria ir e o fez.

Somente seres com grandes egrégoras possuem tal capacidade de atingirem multidões através das suas manifestações para deixarem algum recado. Eles são provocados por estímulos sensoriais altamente desenvolvidos.

O que ocorre na maioria das vezes, é que esses seres com habilidades sensoriais tão sensíveis, quando descontrolados, também captam os ruídos energéticos inferiores que vibram no planeta e no universo.

Quando os indivíduos não possuem nenhum treinamento espiritual que lhes dê a capacidade de controlar os seus instintos, pensamentos e ações, acabam por acessar camadas energéticas altamente prejudiciais. Isso ocorre, porque em desequilíbrio, ora vibram positivamente, ora negativamente, como ocorre com a maioria dos seres vivos, tornando-se bipolares. Pense em quantas emoções que aumentam ou diminuem o nosso astral todos os dias. Podemos acordar bem-humorados, fazer uma caminhada no parque em plena paz e algumas horas depois nos vemos brigando ou entediados no trânsito, nos desentendendo com amigos ou familiares, a noite nos divertimos comendo uma pizza e logo em seguida nos entristecemos com as notícias na TV e nos chateamos depois porque não conseguimos dormir direito, etc...

Todas essas energias geradas pelos nossos sentimentos são emanadas ao sistema cósmico e expandidas em diversas frequências modulares. Elas são atraídas umas às outras pelo seu magnetismo e formam grandes blocos energéticos, interligados pelo mundo todo.

A mesma potência vibracional que criamos através dos nossos pensamentos e sentimentos é usada para acessar níveis elevados ou inferiores, pois na maioria das vezes, não sabemos como controlar os nossos ímpetos. Por esse motivo, é que religiosos de todo o planeta tendem ao isolamento fora da convivência com a vida real, pois eles têm o conhecimento do sério risco que correm ao serem expostos aos desequilíbrios energéticos. Esse isolamento é uma tentativa de enganar as suas próprias existências através de uma blindagem, que mais cedo ou mais tarde será quebrada. Quanto mais tentam adiar o enfrentamento das suas próprias crises, mais tempo levarão para trilharem o caminho da sua própria evolução.

Grandes nomes das artes, da filosofia, das ciências e da tecnologia nos provaram isso, através dos seus curtos estágios na Terra. Deixando a vida física ainda jovens, nos deixaram exemplos de histórias impactantes. Jesus Cristo, Mozart, Beethoven, Noel Rosa, Airton Senna, John Kennedy, Martin Luther King, Fred Mercury, entre tantos outros, parece que vieram apenas para cumprir a sua missão, deixar o seu recado e partiram de volta para o mundo espiritual. Eles vieram para a Terra deixar o seu legado com mensagens de evolução, amor e sabedoria. Mesmo assim, alguns padeceram porque ao ficarem expostos aos ruídos energéticos sem saber controla-los, fizeram escolhas erradas, cujas consequências, os levaram para o túmulo.

Parece um contrassenso, mas o que a natureza divina está querendo mostrar é que quanto maior for a nossa qualidade angélica, maior será a prova que teremos que cumprir, pois como estamos em processo evolutivo, as lições e missões serão cada vez mais complicadas, conforme subimos de estágio. É como um game, cada fase vai se tornando mais difícil e às vezes o esforço é interminável com sucessivos acertos e erros até que se passe para um novo nível superior. Também como num jogo, na medida em que subimos de estágio, recebemos mais bônus e vantagens que facilitarão a conquista da nova fase até o tão esperado “Game Over”. Como diz na bíblia: “Aos que muito foi dado, muito será pedido... – Lucas 14”. Mesmo os anjos ou aqueles que estão atingindo as esferas superiores, possuem lições à serem cumpridas de acordo com o seu estado evolutivo. Deus ou o “Criador de todas as coisas”, como queiram chamá-lo participa desse jogo da vida criando universos com potencialidades diferentes. Em constante evolução, Ele também se desafia, tentando criar mundos cada vez mais perfeitos. Somos apenas um fragmento cósmico imitando e aprendendo o poder da criação.

Grandes talentos e seres iluminados, por não se enquadrarem nas leis evolutivas da orbe terrestre, não conseguem administrar as tentações primitivas de sua corrente astral que derivaram nos seus D.N.A.

Por isso, excessos são cometidos involuntariamente, porque embora possuam um altíssimo potencial, acima da média, deixam-se influenciar pelas correntes negativas que circundam o seu campo magnético, as quais ficam expostos durante a experiência terrestre.

Essas interferências prejudicam o bom andamento de suas missões, mas a sabedoria superior os livra da condição de devedores, porque leva em conta a futura colheita de bons frutos que foram plantados em suas encarnações, apesar do desfecho de suas escolhas equivocadas. Até mesmo essas escolhas, algumas vezes, são levadas em conta por servirem de lições para a humanidade. Como exemplo, podemos citar as forças regenciais que atuaram na vida de Fred Mercury, personagem da nossa reflexão. Podemos questionar: Fred Mercury fez sua obra sozinho? A resposta é NÃO! Muito contrário! Por incrível que pareça, ele foi fortemente apoiado por uma força angélica contida nos outros membros da sua banda, que como mostra na sua biografia, ele considerava como sua família. Os outros músicos da banda é que foram nessa vida a forte energia de apoio que ajudava a potencializar a energia de Fred Mercury para que ele pudesse realizar a sua missão aqui na Terra. A prova disso é que quando ele se afastou dos seus amigos, com escolhas egocêntricas, foi que colocou tudo a perder, arruinando parte da sua existência com comportamentos de promiscuidade e auto destruição através do consumo de drogas.

Mais tarde, quando retornou à casa, reintegrando o grupo, voltou ao trabalho divino que veio executar e que tinha a ver com a sua missão, foi quando perpetuou as suas mensagens de amor aos seus fãs. Essa manifestação energética está registrada na película, no momento em que mesmo doente e sabendo que o seu fim estaria próximo, Fred se superou e subiu ao palco com seus amigos fazendo o melhor e mais curto show da sua vida, revertendo milhões de dólares para uma causa humanitária sem precedentes, aliviando o sofrimento de milhares de pessoas na África. Assim como se pesquisarmos, encontraremos exemplos similares em vários outros famosos e também nos anônimos no meio de nós.

Milhares de pessoas vivem e trabalham em silêncio, alguns são analfabetos, mas possuidores de grande sabedoria cósmica. Passam pela vida cumprindo suas missões diárias sem alarde, manifestando amor ao próximo, deixando suas mensagens, com atos evoluídos e ajudando a evolução universal. Todos nós, sem exceção, temos o mesmo potencial e apenas precisamos saber como controlar e lidar com os nossos pensamentos. Necessitamos urgentemente de aprender a controlar a nossa própria força cósmica. O mundo precisa de amor e o princípio do acerto é seguir a lição de Jesus: Amai ao próximo com a si mesmo. Esse princípio é o primordial para iniciarmos o caminho do sucesso para realizamos as nossas missões enquanto estamos vivendo aqui na Terra. A evolução universal depende de cada gesto e de cada pensamento que partir de nós. Precisamos desacelerar um pouco para que possamos dar mais tempo para as respostas que queremos emanar ao mundo. A meditação é um exercício de equilíbrio porque acalma a ansiedade e ajuda a equilibrar o nosso sistema energético.

Existem inúmeras meditações disponíveis no Youtube, basta ligar o seu celular ou computador. Abaixo algumas dicas de meditações que aprecio muito.




Anjos mensageiros para lembrancinha de maternidade e batismo

Nenhum comentário:

Postar um comentário